Pintada

Uma das aves mais magras, com apenas 168 kcal por 100 g

pintada 400

Na origem, a pintada vem de África, onde vive ainda hoje em estado selvagem. Expandiu-se para os países mediterrânicos e foi trazida para a Europa nomeadamente para França no século XIV na época dos grandes navegadores. A maior parte das explorações estão concentradas na costa atlântica, da Normandia até à Aquitaine, na região Rhône-Alpes e no Centro.

Na mitologia grega, Aristóteles teria dado à pintada o nome de Méléagris. Segundo a lenda, a deusa da caça Artemisa, teria transformado as duas irmãs de Méléagre, depois da morte deste, em pintadas para atenuar a dor delas. As suas lágrimas terão deixado os pequenos pontinhos brancos na sua plumagem cinzenta.

É tão rica em proteínas como a carne de vaca (23%) e muito mais do que a maior parte das aves. O alto teor em proteínas permite, em caso de dieta, manter a massa muscular e diminuir a sensação de fome. Com o seu sabor particular entre a ave e a caça, a pintada constitui uma excelente alternativa às outras carnes. A sua criação quase natural faz dela um alimento extremamente são. Tem apenas 5% de matéria gorda, a pintada é uma das aves mais magras: 168 kcal por 100 g.

A pintada é fácil e rápida de preparar, seja inteira ou em porções individuais. As melhores partes são a coxa e o supremo da ave. Existem 1001 maneiras de cozinhar a Pintada. É uma carne muito fácil e rápida de se cozinhar e por isso uma excelente aliada na cozinha. Associá-la a molhos originais e delicados é uma excelente forma de enriquecer as refeições. Mais do que um acompanhamento, tanto os molhos quentes como os molhos frios dão vida e carácter às suas receitas. Para tornar a pintada mais tenra, deve levantar-se ligeiramente a pele e pôr um pouco de margarina. Para lhe dar ainda mais sabor, pode ser recheada com ervas e especiarias. Quanto aos vinhos, a pintada é deliciosa acompanhada com vinhos tintos com fortes aromas a especiarias.

Esta informação foi fornecida à Alivetaste e realizada pela Sopexa Portugal para o Comité Interprofissional da Pintada

Informações em www.la-pintade.com/fr

por Mário Rodrigues

Goste / Partilhe este artigo: