Milho

Rico em proteínas e em carboidratos, é um dos poucos alimentos que não sofre alteração das suas propriedades, mesmo quando enlatado em conserva, ou congelado

milho 425
Foto de Pedro do Canto Brum

Os cientistas acreditam que ele é originário do México. Rico em proteínas e em carboidratos, é um dos poucos alimentos que não sofre alteração das suas propriedades, mesmo quando enlatado em conserva, ou congelado.

Existem centenas de variedades de milho, todas elas ricas em vitamina C. Para escolher uma espiga de milho que seja realmente nutritiva, verifique se as cascas são verdes, e depois de abertas, se os grãos estão apertados entre si, e se estão graúdos.

Se não for cozinhar o milho logo após a compra, guarde-o no frigorífico, pois a baixa temperatura vai ajudar a preservar o açúcar natural e a vitamina C. Caso seja comprado ainda na casca, conserve-o nela, para ajudar a manter a umidade natural. Se quer realmente saborear uma espiga de milho com todas as propriedades intactas, cozinhe-o fresco.

O milho ajuda a prevenir doenças cardíacas, a promover a redução da hipertensão e o controle do diabetes. Além de fornecer as calorias necessárias para o metabolismo diário, é rico em vitaminas A, E e B, ácido fólico e em magnésio e fósforo, além de ácidos gordos essenciais. As fibras que possui são benéficas para a prevenção de doenças digestivas e se fizer parte da dieta diária, diminui o colesterol. Pode ser utilizado em receitas doces ou salgadas

Os diabéticos devem ter  especial atenção no consumo do milho doce. Como pertence ao grupo dos carboidratos, não deve ser consumido em excesso junto com outros alimentos desse mesmo grupo. O milho deve fazer parte de uma alimentação equilibrada e variada, princípio de uma alimentação saudável.

por Mário Rodrigues

Goste / Partilhe este artigo: