O Crasto do Douro Superior

publicado em: Notícias | 0

Na Quinta da Cabreira nasce um vinho elegante, fresco e com uma excelente  relação qualidade-preço, que acaba de ser distinguido como um dos 16 melhores vinhos nacionais no Concurso de Vinhos de Portugal.

Crasto Superior 2011 g

O Douro Superior assume-se como a sub-região mais agreste e árdua para a produção de vinhos no Douro, no entanto, nestes solos áridos produzem-se vinhos de qualidade excecional. A aposta da Quinta do Crasto nesta região, através da aquisição da Quinta da Cabreira, tem no Crasto Superior, a principal prova da capacidade deste terroir. Um vinho elegante, fresco e complexo, com um perfil moderno. Desde a sua primeira colheita em 2007, o Crasto Superior tem vindo a crescer em qualidade, quantidade e na confiança do mercado. Prova disso, foi a eleição da mais recente colheita – Crasto Superior 2011 – como um dos 16 melhores vinhos (Medalha Grande Ouro), no Concurso de Vinhos de Portugal, promovido pela Viniportugal e que contou com um júri internacional, composto por críticos das mais prestigiadas publicações. Em 2012, a recetividade do mercado excedeu as melhores expectativas: as mais de 95 mil garrafas produzidas foram um sucesso de vendas, representando um peso de 16% no volume total de faturação da Quinta do Crasto.

por Mário Rodrigues

Goste / Partilhe este artigo: