Enólogo e Jornalista Aníbal Coutinho

publicado em: Culto Do Vinho, Vinhos | 0

Ainda se associa este tipo de profissões ao eldorado e à dolce vita

Anibal coutinho 550

por Mário Rodrigues

Aníbal José Simões Coutinho, natural de Armação de Pêra,  no Algarve, tem  formação superior em Viticultura e Enologia e  em processo de conclusão da dissertação de mestrado em Viticultura e Enologia. Toda a formação académica é do Instituto Superior de Enologia, onde colaborou em projetos de consultoria e investicação. Jornalista especializado e autor de vários guias de vinho. Autor de www.w-anibal.com. Faz consultoria em bebidas para importantes empresas da hotelaria e restauração e da distribuição moderna. Enólogo autor das marcas Escondido e Astronauta. Membro de júri dos mais importantes concursos mundiais de vinho.

Como e quando despertou para o mundo do vinho?
Entre os ensinamentos directores da minha educação familiar, o meu pai também me iniciou para o culto do vinho.

Qual foi o seu maior desafio desde que teve início a sua atividade nesta área? Continua a ser desafiante o equilíbrio entre as diversas funções que desempenho na fileira do vinho.

O que acha deveria ser alterado na postura de alguns dos restaurantes e hotéis relativamente ao serviço de vinhos?Perceberem que a carta de vinhos é um documento que exprime a imagem que o hotel ou restaurante quer passar ao cliente. A fidelização do cliente também passa pelo serviço de bebidas. É bom que os responsáveis respondam à pergunta: a minha carta e o respetivo serviço de bebidas é fidelizador?

Que história, pelo absurdo e/ou interessante, tem desde que iniciou a sua atividade? 
De um modo geral não é fácil explicar que a minha profissão é provar vinhos e ser cronista desta fileira. Ainda se associa este tipo de profissões ao eldorado e à dolce vita.

Qual o melhor vinho que já teve oportunidade de provar e de que país? 
A noção de melhor vinho está relacionada com a experiencia de socialização: onde, como e com quem partilhei o vinho e as emoções. O melhor vinho pode apresentar-se de misteriosas maneiras. Combato ferozmente o elitismo do vinho.

Qual o restaurante que lhe proporcionou uma experiência inesquecível e porquê?
Entre tantas mesas onde agradeci a bênção do vinho, devo referir o Veneza, em Paderne, onde percebi que a minha mulher sabe mais de vinho do que eu.

Goste / Partilhe este artigo: