Vinhos Esmero e Mimo: nova imagem para brancos e tintos

publicado em: Notícias | 0

Após 10 anos de produção e com um portfólio composto por 4 vinhos chegou o tempo de renovar a imagem dos vinhos produzidos pela empresa Esmero, um produtor “garagista” do Douro. 

Projeto pessoal de Rui Soares, responsável de viticultura na Real Companhia Velha, assenta exclusivamente a sua produção nos 6 ha de vinha familiar situados na sub-região do Baixo-Corgo (Valdigem – Lamego).

A renovação de imagem respeitou o perfil dos vinhos assumindo o Esmero um estilo clássico assente nas vinhas velhas (50 e 80 anos), enquanto o Mimo apresenta maior juventude e leveza ilustrada no rótulo por um jovem enxerto. O trabalho foi levado a cabo pela reputada designer de comunicação Helena Lobo (Vila Real), este ano galardoada com o Grande Prémio Papies ’17 na categoria de rótulos.

A entrada em comercialização das novas colheitas de brancos e tintos foi aproveitada para marcar a estreia da nova imagem dos vinhos Esmero e Mimo. Após o lançamento no Verão dos brancos 2016, surgem agora os novos tintos da colheita 2014 (Esmero) e 2015 (Mimo).

Os vinhos brancos provêm ambos de um solo peculiar, de transição de xisto para granito, com diferentes lotes de castas originando assim perfis muito distintos: o Mimo branco 2016 com Moscatel Galego Branco, Fernão Pires e Síria apresenta um estilo aromático, leve e vivo; o Esmero branco 2016 com Viosinho e Gouveio, com muita frescura, garra e persistência de prova.

Quanto aos tintos, a idade e localização da vinha marcam a distinção entre os vinhos. O Mimo tinto 2015 provém de uma vinha com 50 anos situada em altitude (500 metros) enquanto o Esmero tinto 2014 é oriundo de uma vinha muito velha (80 anos) situada em cota baixa.

Ambos são vinhos de lote, mistura essa feita na vinha como era tradicional nas antigos vinhedos durienses. Encontramos assim uma panóplia muito grande de castas, algumas bem conhecidas atualmente (Touriga Franca, Tinta Amarela, Tinta Barroca, Touriga Nacional…) com outras mais raras (Touriga Fêmea, Malvasia Preta, Tinta da Barca) ou pouco cultivadas no Douro mas bem adaptadas a esta região (Alicante Bouschet). Os dois vinhos tintos são vinificados em lagar com pisa a pé e estagiam parcialmente durante 18 meses em barrica de carvalho francês.

Mimo branco 2016 DOC Douro tem o PVP de €6,00, o Esmero branco 2016 DOC Douro de €9, o  Mimo tinto 2015 DOC Douro de €9,00 e o Esmero tinto 2014 DOC Douro de €15,00 

Goste / Partilhe este artigo: