Brac – Laboratório harmonização a copo

publicado em: Gastronomia, Laboratórios | 0

Manuel Moreira (Consultor vínico), Filipa Garcia Fernandes (Wine Quay Bar), Daniela Costa (ViniPortugal) e Mário Rodrigues (Alivetaste.com), integraram o painel do “Laboratório Harmonização a copo” realizado no restaurante Brac, na cidade de Braga.

O empresário bracarense Luís Machado, arquiteto de formação e profissão, decidiu há uns anos investir na área dos prazeres da mesa, abrindo o restaurante Brac em Braga. Um espaço que tem evoluído com base na experiência suportada nos “best sellers” da casa e acima de tudo no bom gosto de uma cozinha reconfortante.

Com uma coesa equipa de excelentes cozinheiros de mão cheia e a simpática brigada de sala, cria-se um espaço intimista de fortes sabores em real espaço cénico romano, com os simples prazeres da mesa como cativante conceito.

O laboratório aqui realizado deixou transparecer esta qualidade em termos de cozinha, assim como o trabalho relativo aos vinhos e respetivas harmonizações.

Este exercício começou com duas entradas: as excelentes lulinhas crocantes harmonizadas com espumante Poço Lobo baga branco bruto 2014 (Bairrada – Caves São João), a que se seguiram umas saborosas moelas em tomate, agora com um Argilla branco 2015 (Alentejo – Quinta Anta de Cima).

Nos peixes degustámos uma magnífica corvina com moqueca e farofa, com Soalheiro alvarinho 2016 (Verdes – Soalheiro), e Mil Folhas de Bacalhau com um Fafide Reserva branco 2016 (Douro – Quinta de Fafide).

Nas carnes, o bife à Brac deixou todos rendidos, com o Quinta da Zaralhôa tinto 2010 (Douro), seguindo-se o mais votado: o cabritinho com arroz de miudos e açafrão harmonizado com Vinha Paz tinto colheita 2015 (Dão – António Canto Moniz).

O carpaccio de ananás com gelado de coco e hortelã, acompanhado por um Hobby abafado (Tejo – Exquisite Wine) e o gelado de canela com ovos moles e telhas, desta vez com Moscatel 1997 (Setúbal), foram as sobremesas que finalizaram o “Laboratório”.

No que respeita à cozinha saborosa, produtos nos pontos de confeção, boa seleção de vinhos e de harmonizações, assim como para os serviços, existiu uma unanimidade do painel sobre a qualidade generalizada.

Um espaço a ter no roteiro numa das cidades mais jovens da europa, onde os almoços são de buffet com o mesmo tipo de cozinha.

Os “Laboratórios Harmonização a copo” são organizados pelo Alivetaste com o apoio da ViniPortugal e têm como objetivo a elevação do serviço de vinhos, o vinho a copo, as castas nacionais, harmonizações, cozinha e serviços praticados

Brac
Campo das Carvalheiras
T: + 351 253610225
Website: http://www.brac.com.pt

Vídeo

Texto Mário Rodrigues
edição Rita Lisboa
fotografias de Fernando Tavares

Goste / Partilhe este artigo: