ANIL lança o desafio de aprender a provar queijo

publicado em: Notícias | 0

Porque o saber (e o sabor) não ocupa lugar, a Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios (ANIL) está a preparar uma formação de Qualificação de Provadores em Análise Sensorial de Queijo, a ter lugar nos dias 28 e 29 de Setembro, entre as 09h30 e as 18h00, na sede da associação, situada na Rua de Santa Teresa, 2 C, 2.º, no Porto

Um desafio que se destina a profissionais do sector – produtores de queijo e responsáveis das empresas produtoras, bem como técnicos ligados às áreas da qualidade e do marketing, elementos de painéis de provadores e consultores em análise sensorial –, mas não só! Se é amante de queijo – queijófilo – e tem curiosidade em aprender como se provam, há vagas para si.

Aos interessados pede-se a inscrição prévia, que deve ser feita até dia 25, junto da ANIL, cujos contactos estão disponíveis em www.anilact.pt (e abaixo). O valor desta formação é de €250 para associados e €320 para não associados. Os demais pedidos de informação devem ser feitos junto da instituição.

Uma formação que vai permitir desenvolver as aptidões necessárias para que o ‘provador’ obtenha um bom desempenho na sua função – que pode ser de aplicação profissional ou meramente pessoal. Por essa razão é fundamental arregaçar as mangas e saber descrever com rigor um queijo através do olfacto e do paladar, avaliando-o de acordo com os diferentes aspectos – odor, sabor, textura, aparência interior e exterior. Outro dos objectivos consiste em transmitir a técnica e o vocabulário a utilizar perante quem quer conhecer pormenores ou detalhes que determinem se a qualidade do produto é para manter ou melhorar, tendo em conta os atributos característicos do mesmo.

Na equipa de formação está Marta Vacas de Carvalho e Maria da Luz Ramiro. A primeira, licenciada em Engenharia Agrícola e Mestre em Matemática Aplicada às Ciências Biológicas, conta com 20 anos de experiência em análise sensorial e diversos artigos publicados em revistas da especialidade, estando actualmente dedicada à consultoria em análise sensorial. A segunda, é licenciada em Engenharia Agro-Industrial pelo ISA, tendo exercido funções na área técnica de uma das principais empresas produtoras de queijo. Integra, desde 2006, a rede Controlvet, onde desempenha funções de consultora e formadora na área da qualidade e segurança alimentar.

Contactos: eventos@anilact.pt ou 222 001 229

Goste / Partilhe este artigo: