Espumante ‘Faina Maior’ é o 17.º da categoria ‘Baga Bairrada’

publicado em: Notícias | 0

‘Faina Maior’: é este o nome do mais recente espumante com a chancela de qualidade e o selo ‘Baga Bairrada’, resulta de uma parceria entre a Comissão Vitivinícola da Bairrada, a Associação Rota da Bairrada e o Município de Ílhavo, que se tem vindo a afirmar como a ‘Capital do Bacalhau’

Uma homenagem aos bravos que se dedicam à pesca do bacalhau e à Bairrada, fazendo uso da sua casta rainha (Baga) na produção do seu produto âncora (espumante).

O ‘Faina Maior Baga Bairrada Bruto branco 2014’ é um espumante Blanc de Noirs, feito 100% a partir da casta (tinta) Baga. É uma edição limitada a 1.000 garrafas, com um preço de €10,00 e que estará à venda nos espaços da Associação Rota da Bairrada – na Curia, em Oliveira do Bairro e na Vagueira (espaço pop-up; até Setembro) –, na loja do Museu Marítimo e nas lojas de Turismo de Ílhavo.

No contra-rótulo do ‘Faina Maior Baga Bairrada 2014’ pode ler-se um texto que apela à bravia das gentes da terra de Ílhavo: “Ide, ó gentes bravias. Quebrai as ondas revoltas e as tormentas dos oceanos. Rogai à proteção divina por mar chão. E regressai, sempre e depressa, trazendo para terra o cheiro e os sabores do sal e das águas. Esta é a homenagem desta Bairrada, de homens e mulheres que moldam e trabalham a terra, às gentes de Ílhavo, da pesca do bacalhau. A todos os que, em bacalhoeiros e dóris, levaram Portugal pelo Mundo, buscando a sorte. Em cada garrafa deste espumante estão os desejos, os sonhos e, até, os medos de todos aqueles que, ao longo de séculos, fizeram e fazem da vida uma faina, grande e dura, uma Faina Maior.”

Como ‘Faina Maior’ intitula-se a pesca do bacalhau à linha, praticada por homens e navios portugueses durante os séculos XIX e XX, nos longínquos mares da Terra Nova e da Gronelândia. Um património fascinante e lendário, uma história plena de drama e heroísmo. As campanhas, sazonais, estendiam-se de Abril a Novembro de cada ano. O trabalho era duro e as jornadas diárias podiam estender-se até às vinte horas. Ílhavo, terra de lendários e corajosos marinheiros, é o lugar de memória desta pesca. A memória dos que viveram as aventuras de uma faina de dureza incomparável está no Museu Marítimo de Ílhavo, onde a Sala da Faina Maior Capitão Francisco Marques apela aos sentidos e exprime um duplo significado: evocação e homenagem a todas as comunidades que deram homens à “grande pesca”.

Faina Maior Baga Bairrada Bruto branco 2014 – Município de Ílhavo e Associação Rota da Bairrada tem o PVP de €10,00.

Goste / Partilhe este artigo: