Boa vindima em perspetiva na região dos Vinhos Verdes

publicado em: Notícias | 0

A Região dos Vinhos Verdes prevê um aumento de 15% na vindima de 2017 que, este ano, deverá antecipar-se e arrancar no final do mês de Agosto

A Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) destaca uma boa nascença, um bom vingamento, fraca pressão de míldio e uma área de vinha nova bastante significativa como os principais motivos para o crescimento esperado.

Após um Inverno similar ao do ano anterior, mas com condições climáticas na Primavera excepcionais, 2017 tem favorecido o vingamento da maior parte das castas sem registo de graves ataques de doenças e pragas. Se, nas uvas brancas – que assumem o papel principal na produção da Região – o aumento de produção chega aos 15%, no caso das uvas tintas regista-se um incremento de 10% face a 2016.

Para Manuel Pinheiro, Presidente da CVRVV, “a previsão de continuidade de um Verão quente leva-nos a crer que a data da vindima pode ser antecipada para as últimas semanas de Agosto. Neste momento, sabemos já que a colheita será de excelente qualidade e que aumentaremos a produção, o que corresponde às necessidades dos produtores face ao crescimento que o mercado externo vem assumindo consistentemente desde 2004”, refere.

Recorde-se que a Região dos Vinhos Verdes produziu, na anterior vindima, cerca de 80 milhões de litros, ocupando o segundo lugar no consumo interno e assegurando a exportação para 107 países.

Goste / Partilhe este artigo: