Quinta de la Rosa abre restaurante com vista privilegiada sobre o rio Douro

publicado em: Notícias | 0

A Quinta de la Rosa – propriedade duriense situada no Pinhão, acaba de dar mais um passo no desenvolvimento das suas infraestrutura, ao abrir o restaurante Cozinha da Clara

Um nome carregado de sentimento e uma “clara” homenagem à avó de Sophia Bergqvist, co-proprietária e gestora da Quinta de la Rosa. A identidade gráfica do logótipo do Cozinha da Clara reporta-nos precisamente para a caligrafia de Claire Feuerheerd (1907-1972), uma grande mulher, a quem a Quinta de la Rosa foi oferecida como presente de batismo. 

Famosa pela sua generosidade e hospitalidade, Claire tinha um gosto nato pela cozinha. Inspirada por grandes nomes da gastronomia, deixou um legado que a família está apostada em eternizar; o mais visível passo nesse sentido concretiza-se com a abertura do restaurante Cozinha da Clara, dotado de uma localização bastante privilegiada: à entrada da Quinta de la Rosa, mesmo sobre o rio Douro.

“Depois de concluído o projeto da nova sala de provas, loja e receção, no ano passado, sentimos que chegara a hora de oferecer algo mais a quem nos visita. Mais do que um restaurante, o Cozinha da Clara é a materialização de uma homenagem à história da nossa família, em especial à avó Clara. Queremos com ele prolongar a experiência de estar numa quinta familiar produtora de vinhos do Porto (desde 1815) e do Douro”, afirma Sophia Bergqvist.

O Cozinha da Clara aposta em gastronomia de raiz portuguesa, privilegiando produtos locais e sazonais, mas complementada e sem esquecer a herança gastronómica da família, com pratos do receituário da avó Clara. Uma cozinha cuja filosofia é alimentada pela simplicidade. Aos comandos da cozinha está o chefe Pedro Cardoso, a fazer dupla na sala com Pedro Esteves. Os rostos mais visíveis, são dois jovens que trabalharam juntos durante uma década no restaurante do Aquapura Douro Valley, actual Six Senses.

Para acompanhar a ementa, uma carta de vinhos escolhidos pelo enólogo da casa, Jorge Moreira. Os vinhos da Quinta de la Rosa vão ter lugar de destaque, mas não vão faltar outras opções: a começar pelos vinhos ‘Passagem’, que Sophia e Jorge produzem na Quinta das Bandeiras, no Douro Superior; passando pelos ‘Poeira’; e terminando em vinhos que fogem ao “domínio” do enólogo, mas que lhe dizem algo.

Morada: Quinta de la Rosa, 215 . 5085- 201 Pinhão
Telefone: 254 732 254
E-mail: bookings@quintadelarosa.com
Capacidade da Sala: 50 lugares (sala interior) + 20 lugares (terraço)
Preço Médio: €40,00 por pessoa

Goste / Partilhe este artigo: