Novos vinhos da Quinta da Pacheca

publicado em: Notícias | 0

A Quinta da Pacheca acaba de fazer chegar ao mercado um novo lote de vinhos de qualidade superior, que não só vêm aumentar de forma significativa o portfólio da marca, mas também confirmar a excelência da produção de uma das mais afamadas quintas durienses

São néctares pensados para gostos diversos, elaborados a partir das melhores castas e com o habitual selo de qualidade. Assim, as grandes novidades são o Pacheca Vale de Abraão Colheita Seleccionada 2014.

Nascido de um ano vitícola absolutamente atípico em termos climáticos, o ‘Pacheca Vale de Abraão Colheita Seleccionada 2014’ é um vinho obtido a partir de uvas das castas Touriga Franca e Touriga Nacional, oriundas da Quinta de Vale de Abraão, de vinhas do Vale do Rio Pinhão e do Vale da Vilariça. Com um tero alcoólico de 14%, apresenta cor violeta profunda, de aroma muito frutado, com notas evidentes de fruta preta madura, como mirtilo e groselha preta, sendo ao mesmo tempo fresco com notas florais. Na boca é concentrado, gordo com taninos presentes, notas de chocolate e frescura implícita. O final é longo e muito persistente. Um vinho de excelência que é, ao mesmo tempo, uma viagem por uma das mais belas histórias do Douro.

O Pacheca Lagar nº 1 Reserva 2014, é de uma vindima de 2014 que foi interrompida por fortes chuvas. As uvas de Touriga Franca e Touriga Nacional, provenientes da Quinta da Pacheca e de vinhas de Vila Nova de Foz-Côa com cerca de 40 anos de idade, chegaram num estado de sanidade impecável. Com 14% de teor alcoólico, estagiou em barricas novas de carvalho francês durante dezoito meses, apresentando uma cor rubi profunda. O aroma revela-se muito frutado, com notas evidentes de fruta preta madura, como amoras e ameixas, acompanhadas com notas de chocolate proveniente da barrica. Na boca é complexo, com uma acidez que lhe imprime frescura, com taninos marcados, mas polidos, e final longo e persistente.

O Pacheca Rosé Reserva 2016, é um vinho rosado  monovarietal de Touriga Nacional, cuja fermentação ocorreu integralmente em barricas novas  de 500 litros de carvalho francês. Trata-se de um vinho com um aroma frutado de fruta vermelha fresca, com a madeira bem presente, mas integrada. Na boca é um vinho equilibrado já que a sua alta acidez lhe confere frescura, compensando o elevado teor alcoólico. De bom corpo e persistente no final de boca.

Pacheca Superior Branco 2016 é um vinho obtido a partir de uvas colhidas em parcelas de vinha instaladas a 300 e 500 metros de altitude, que fermentaram e estagiaram parcialmente em barricas de segundo ano de carvalho francês. Com um teor alcoólico de 12,5%, é um vinho com um aroma complexo de fruta branca, bem integrada com as notas de madeira. Na boca é bem equilibrado, com boa densidade e final persistente.

O Pacheca Reserva Vinhas Velhas 2014 é um néctar de excelência, obtido a partir de uvas de uma parcela de vinha velha da Quinta da Pacheca onde predominam as castas Touriga Franca, Tinta Roriz, Touriga Nacional, Tinto Cão, Tinta Amarela e Sousão. Após a vinificação em lagar de granito, estagiou durante doze meses em barricas novas e de segundo ano de carvalho francês e mostra aroma de frutos vermelhos maduros, amparados discretamente pelas notas da madeira de carvalho. Apresenta-se consistente na boca, com fruto de qualidade, notas de fruta vermelha e final longo e persistente. O teor alcoólico é de 14,5%.

O Quinta da Pacheca LBV 2013 é um Porto provenientes de uvas das Vinhas Velhas, das castas Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Amarela, Tinto Cão, Touriga Franca, Sousão e Tinta Barroca, sujeitas a uma rigorosa triagem à entrada da adega. Permaneceu quatro anos em cascos de carvalho de 600 litros. Apresenta uma cor violeta escuro, que introduz uma excelente complexidade e projeção aromática, onde se destacam frescas notas de flor de esteva, suaves notas de frutos secos e concentradas notas de frutos silvestres maduros. Na boca, mostra um início elegante, evoluindo em harmonia para um vinho com excelente volume e estrutura sólida, com taninos firmes mas de polimento sedoso. Tudo muito bem integrado com agradáveis e complexas notas de frutos silvestres maduros, em perfeita sintonia com suaves toques de especiaria. Termina com grande frescura, elegância e intensidade.

Goste / Partilhe este artigo: