Dom Ruinart Blanc de Blancs 2006 & Dom Ruinart Rosé 2004

publicado em: Notícias | 0

A Maison Ruinart, a mais antiga casa de Champanhe do Mundo (1729), lançou dois novos vintages, o Dom Ruinart Blancs de Blancs 2006 e o Dom Ruinart Rosé 2004, sendo que a excecionalidade das colheitas, a proveniência ímpar das uvas, o preciosismo das proporções e o repouso de quase uma década nas caves Ruinart tornam estes cuvées millésime excecionalmente únicos

O Dom Ruinart Blanc de Blancs 2006 é um cuvée 100% de Chardonnay de vinhas Grand Cru da Côte des Blancs (63%) e da encosta norte da montanha de Reims (37%). Uma composição que origina um equilíbrio elegante, arejado e de frescura excecional. O raro Dom Ruinart Rosé 2004, composto por 81% de Chardonnay Grand Cru da Côte de Blancs e por 19% de Pinot Noir, com vinificação em tinto, mantém o perfil dos seus antecessores – intenso, delicado e aromático.

Foram precisos quase 250 anos desde a fundação da Maison Ruinart para que o nome de Dom Thierry Ruinart, mentor da Maison e tio do fundador – Nicolas Ruinart –, batizasse o primeiro vintage da casa. Foi a colheita de 1959 que deu origem ao primeiro cuvée Dom Ruinart Blancs de Blancs, desenvolvido em ode aos grandes Chardonnays e como tributo ao gosto Ruinart (Le Goût Ruinart). O primeiro Dom Ruinart Blancs de Blancs é lançado em 1966, ano em que é declarado vintage o primeiro cuvée Dom Ruinart Rosé, que chega ao mercado em 1973. Uma vez engarrafados, os cuvées Dom Ruinart descem a 38 metros de profundidade, às Crayères, como chamam a estas grutas de giz (Património Mundial da Unesco), onde refinam e ganham a sua efervescente frescura durante cerca de uma década.

Dom Ruinart Blanc de Blancs 2006 – 750ml -P.V.P Recomendado – 235€
Dom Ruinart Rosé 2004 – 750ml -P.V.P Recomendado – 495€

Goste / Partilhe este artigo: