Alentejo e Dão vencem Concurso Vinhos de Portugal 2017

publicado em: Notícias | 0

A excelência do vinho português voltou a ser reconhecida em mais uma edição do Concurso Vinhos de Portugal, tendo sido atribuídas um total de 341 medalhas, das quais 30 na categoria Grande Ouro, 121 de Ouro e 190 de Prata atestam a qualidade do vinho nacional

O Alentejo, anfitrião da edição 2017 do Concurso Vinhos de Portugal, foi a região que recebeu mais medalhas Grande Ouro do júri, enquanto o Dão sobressaiu nos grandes prémios.

Os vencedores foram conhecidos na gala de entrega de prémios do Concurso Vinhos de Portugal, que se realizou esta sexta-feira à noite na Pousada Convento de Arraiolos e que contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira.

Os sete grandes prémios do Concurso Vinhos de Portugal, que distinguem os melhores entre os 341 vinhos premiados, foram distribuídas pelas regiões do Dão, Douro, Vinho Verde, Porto e Bairrada. O vinho Villa Oliveira Touriga Nacional (2011), da região do Dão, foi considerado o “Melhor Vinho do Ano”, vencendo também o prémio “Melhor Varietal Tinto 2017”. A região do Dão esteve ainda em evidência nos grandes prémios do certame com o Quinta dos Carvalhais Reserva (2012) a ser considerado “Melhor Vinho Branco 2017”.

Os restantes grandes prémios foram atribuídos ao Quinta do Crasto Reserva Vinha (2014), da região do Douro, a vencer o prémio “Melhor Vinho Tinto 2017”; o vinho Muros Antigos Loureiro (2016), da região do Vinho Verde, venceu o prémio “Melhor Varietal Branco 2017”; o KOPKE Porto Colheita 1967 foi considerado o “Melhor Licoroso” e o Quinta do Ortigão Cuvée (2012), da região da Bairrada, venceu o prémio “Melhor Espumante 2017”.

Mais de 110 especialistas nacionais e internacionais avaliaram os 1373 vinhos que estiveram a concurso e premiaram a qualidade dos vinhos que estiveram à prova com 341 medalhas. Na categoria mais elevada – Grande Ouro -, a região do Alentejo levou a melhor, conquistando nove medalhas, seguida da região do Douro com seis, região do Dão com quatro e a região da Bairrada com três. Todas as regiões vitivinícolas portuguesas foram premiadas. A lista completa de premiados pode ser consultada aqui.

Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, faz um balanço positivo da edição 2017 do Concurso Vinhos de Portugal. “Para a ViniPortugal é um motivo de satisfação ver que o número de vinhos participantes tem vindo a crescer, ano após ano, e que essa evolução positiva está a refletir-se também na qualidade do vinho. O caminho para a afirmação de Portugal como o próximo hotspot do panorama internacional do vinho passa por uma aposta clara em ter um produto de qualidade, diferenciado e competitivo. É esse o caminho que procuramos trilhar e que vamos continuar a fazê-lo, desenvolvendo iniciativas como esta que promovem uma imagem positiva do vinho português junto de influenciadores e decisores do mercado internacional”, conclui o presidente da ViniPortugal.

O Grande Júri, composto este ano por reputados especialistas internacionais como Evan Goldstein (EUA), Dirceu Vianna Junior (Brasil e Reino Unido), Hiroshi Ishida (Japão), Sara Ahmed (Reino Unido) e por Bento Amaral e Luís Lopes em representação de Portugal, escolheram os grandes vencedores do Concurso Vinhos de Portugal, atribuindo as medalhas Grande Ouro e os Melhores do Ano.

Os vinhos distinguidos com as medalhas Grande Ouro e Ouro têm presença garantida em eventos internacionais de excelência a realizar em 2017 como a ProWine Shanghai, a Vinexpo Bordéus, a Campus Hamburgo e as Provas de Zurique, Chicago, Nova Iorque e Luanda.

Goste / Partilhe este artigo: