‘Os Melhores do Ano’ pela Revista de Vinhos

publicado em: Notícias | 0

Ano após ano, a cerimónia “Os Melhores do Ano” da Revista de Vinhos consolidou-se como o evento mais relevante da fileira do vinho, reunindo quase um milhar de pessoas num jantar de gala, cujos prémios influenciam o comportamento dos consumidores e a perceção do mercado

RV OMA 2016 - Imagem

Foi em 1998 que pouco mais que duas centenas de pessoas ligadas ao sector se reuniram num fim de tarde no Hotel do Bussaco, no Luso, para celebrar pela primeira vez os melhores vinhos e as personalidades, empresas e instituições que mais se distinguiram no ano anterior, segundo os critérios editorais definidos pela mais antiga e prestigiada publicação portuguesa na área de vinhos e gastronomia.

No jantar deste ano, a decorrer no salão nobre da Alfândega do Porto, no próximo dia 17 de Fevereiro, a Revista de Vinhos prevê fazer uma evocação dos muitos premiados destes últimos 20 anos, prestando assim uma justa homenagem às pessoas e às empresas responsáveis pelo tremendo salto qualitativo dos vinhos portugueses que pudemos testemunhar nas últimas duas décadas.

Para além dessa evocação é tempo de distinguir os melhores do ano 2016, reconhecendo o mérito das pessoas e projetos (de vida; muitas das vezes de gerações), das empresas e vinhos, que brilharam ao longo de um árduo ano de trabalho. “Estes prémios visam assim agradecer o seu compromisso com a excelência, de que todos nós, enquanto consumidores, beneficiámos.”, reafirma Luís Ramos Lopes, diretor editorial da Revista de Vinhos.

Nesta que é a 20.ª edição são 20 as categorias premiadas. Destaca-se o regresso da distinção para o melhor Sommelier, reconhecendo assim a relevância que estes profissionais têm na restauração e na divulgação dos nossos vinhos. Entre empresas, instituições e personalidades, a Revista de Vinhos elege muitos outros, distinguindo-os com um troféu em prata da autoria da designer de joias Maria João Bahia. ‘David Lopes Ramos’ e o ‘Senhor do Vinho’ dão nome aos “prémios carreira”, que distinguem personalidades com vida e obra reconhecida nos campos da gastronomia e vinho, respetivamente. ‘Produtor’, ‘Produtor Revelação’, ‘Enólogo’, ‘Enólogo de Vinhos Generosos’, ‘Identidade e Carácter’, ‘Empresa’, ‘Empresa de Vinhos Generosos’, ‘Adega Cooperativa’, ‘Organização Vitivinícola’, ‘Viticultura’, ‘Enoturismo’, ‘Garrafeira’, ‘Wine Bar’, ‘Loja Gourmet’, ‘Restaurante’, ‘Restaurante de Cozinha Tradicional’ e ainda uma distinção para a melhor ‘Campanha Publicitária’ do ano completam as 20 categorias a premiar.

À semelhança de edições anteriores são distinguidos – com o ‘Prémio Excelência’ – aqueles que na opinião dos críticos da Revista de Vinhos foram os 30 melhores vinhos do ano. A Revista distingue ainda os melhores vinhos de cada região vitivinícola, que levam para casa, ou melhor, para a adega o título de ‘Melhores de Portugal’.

Goste / Partilhe este artigo: