Azeite e vinagre da Quinta de la Rosa

Mais conhecida pelos seus premiadíssimos vinhos, a Quinta de la Rosa é também produtora de ‘azeite virgem extra’ e ‘vinagre de vinho do Porto’, este último um caso único, ou pelo menos raro

 

2015 OUTUBRO 05 - ANTÓNIO PINTO, ESTÚDIO, Azeite, QLRosa, la ROSA, Azeite Virgem Extra, Extra Virgin Olive Oil, 50cl
Foto de António Pinto

Comercializados em garrafas de 500ml, com um preço recomendados de €11,00 cada, o principal ponto de venda é mesmo a loja da Quinta, uma vez que a produção é pequena e que o mercado externo, nomeadamente Inglaterra absorve parte dela.

O azeite é produzido com uma mistura de diferentes azeitonas, em particular Carrasquinha e Negrinha, o que lhe garante o seu característico aroma frutado e paladar único. As oliveiras crescem no topo das íngremes encostas do vale do Douro entre os vinhedos, sem qualquer adição de pesticidas. As árvores florescem no microclima do Douro e durante o mês de Novembro as azeitonas amadurecidas são apanhadas manualmente com todo o cuidado e atenção.

Um azeite assim exige a seu lado no galheteiro um vinagre de exceção. Algo só possível graças a muita dedicação, investigação e trabalho. O desafio de obter tal produto foi proposto à Quinta de la Rosa pelos famosos chefs britânicos Mark Hix e Mitch Tonks, com os quais esta casa mantém uma parceria há alguns anos, e o resultado aí está. Um vinagre de vinho do Porto com mais de 30 anos de maturação, descoberto pelo enólogo Jorge Moreira.

Delicioso em saladas, combinando perfeitamente com o ‘Quinta de la Rosa Azeite Virgem Extra’. Ótimo para marinadas e maioneses caseiras. Salpique um pouco sobre peixe e fritos, bem ao estilo inglês. Pálido na cor e no sabor, apresenta fortes notas de acidez, com um toque de vinho do Porto balsâmico no nariz. Assenta nas heranças deixadas pelo Vinho do Porto, mas não é tão doce e viscoso como o vinagre balsâmico.

Goste / Partilhe este artigo: