Lisbon Family Vineyards

publicado em: Momentos, Opinião | 0

Uma iniciativa que junta desde há 3 anos para cá três importantes produtores da região de Lisboa, Quinta de Chocapalha, Quinta do Monte d’Oiro  e Quinta de Sant’Ana,  com o objetivo comum de criar sinergias no mercado nacional e internacional e sensibilizar canal horeca e cliente final

Estes objetivos são conseguidos através de uma postura que julgo correta e cativante, ao promoverem iniciativas deste tipo, onde naturalmente, o tradicional e moderno,  o campestre e urbano, nos cativa para um cosmopolitismo alegre e prazeroso genericamente ambicionado.

O bom gosto cativante na organização desta reunião, através dos vinhos presentes, da gastronomia selecionada e do ambiente criado, tornam evidente que cada vez mais as sinergias potenciam a junção dos vinhos e da gastronomia. A vida social e individual é suportada nos prazeres da vida que apreciamos e que nos tornam a existência audaz e cheia.

Uma organização cuidada onde o prazer de receber é natural, desde a receção, passando pelas boas vindas com um serviço de vinhos dos 3 produtores disponível, associado a uns cativantes canapés. O anúncio da chegada da refeição é feito através da passagem anunciada de chocalhos  transportados pela ultima geração dos produtores, que precedem a passagem de dois enormes tachos que a equipa do chef João Simões transporta, responsável por todo o serviço de grande qualidade do catering realizado.

Passados para o terraço onde se iria realizar o almoço, com vista para o vale de Alenquer, com as vinhas como pano de fundo, tínhamos um conjunto de excelentes saladas frias, de muito bom gosto a que seguiram os pratos quentes, nos dois tachos que por nós tinham passado. Uma feijoada de chocos e uma favada, foram os tradicionais pratos que deliciaram todos os presentes. Salada de fruta bem natural e uma musse de “bradar aos céus” foram o remate.

Um bom exemplo da evolução na postura que alguns produtores de vinhos começam a assumir, servindo de exemplo para toda a rede que se segue, desde a distribuição, canal horeca e consumidor final. No fundo 3 produtores da mesma região com vinhos de diferentes perfis mas o mesmo objetivo comum.

Uma magnífica aposta com elevado espírito positivo, envolvente e profissional de James Frost da Quinta de Sant’Ana, Francisco Bento dos Santos da Quinta do Monte d’Oiro e Sandra Tavares da Silva da Quinta de Chocapalha.

por Mário Rodrigues

Goste / Partilhe este artigo: