Real Companhia Velha lança novas colheitas

publicado em: Notícias | 0

O portefólio de vinhos da Real Companhia Velha produzidos com uvas da Quinta de Cidrô assenta numa coleção de castas portuguesas e estrangeiras

Quinta de Cidro_A-G-R-TNCS BR 365

São quatro as novas edições a chegar ao mercado: o monocasta de Alvarinho da colheita de 2014; o Gewürztraminer 2015; o rosé, também da última vindima, composto por Touriga Nacional e Touriga Franca; e um Cellar Edition, de 2008, que combina a variedade de uva mais reconhecida no Mundo, Cabernet Sauvignon, com a casta rainha de Portugal, a Touriga Nacional.

Uma bonita cor citrina, levemente dourada a denotar concentração, salta imediatamente à vista no ‘Quinta de Cidrô Alvarinho branco 2014’. Os aromas finos e delicados que o caracterizam, ricos em notas citrinas e de flor de laranjeira, conferem-lhe a complexidade de um néctar encorpado e fresco, carregado de personalidade.

Destaque para os ‘Quinta de Cidrô Gewürztraminer branco’ e ‘Quinta de Cidrô rosé’, ambos de 2015, um ano que se caracterizou por ser atípico em termos climáticos, com um Inverno frio e seco, seguido de uma Primavera-Verão anormalmente quente e seca, o que conferiu aos néctares então produzidos características muito especiais.

Fermentado sob condições modernas de controlo de temperatura e de proteção contra a oxidação, evidenciando todas as características inerentes à casta, o ‘Quinta de Cidrô Gewürztraminer branco 2015’ é mais um soberbo resultado da contínua inovação que tem lugar nos vinhedos onde é criado. Este é um vinho extremamente aromático, com toques de líchia e rosa, tão típicas desta variedade, mas, ao contrário do habitual, seco, austero e com bela acidez.

O ‘Quinta de Cidrô rosé 2015’, por seu lado, produzido à base das castas durienses Touriga Nacional e Touriga Franca, é um vinho fresco e aromático. Ao ser provado é notória a enorme intensidade de notas florais combinadas com frutos vermelhos. Refrescante e equilibrado por uma boa acidez, como se exige em tempo de calor, apresenta um final de boca aveludado e mineral. Um rosé gastronómico, ideal para acompanhar pizzas, saladas de tomate (recomendam-se os “coração de boi” do Douro) e enchidos.

O Cellar Edition ‘Quinta de Cidrô Cabernet Sauvigon e Touriga Nacional tinto 2008’ apresenta-se  limpo e brilhante, e uma cor ruby profunda. Da boa maturação das uvas e das barricas onde estagiou ganhou a intensidade e complexidade que o caracterizam, com aromas de fruta preta, baunilha, tabaco e chocolate. É um vinho encorpado, no entanto muito fino e elegante, que revela potencial para evoluir na garrafa.

Preços de Venda ao Público Recomendados:
Quinta de Cidrô Alvarinho branco 2014: €9,00
Quinta de Cidrô Gewürztraminer branco 2015: €12,00
Quinta de Cidrô rosé 2015: €7,50
Quinta de Cidrô Cabernet Sauvigon e Touriga Nacional tinto 2008: €14,00

Goste / Partilhe este artigo: