Prémios Flavors & Senses 2016

publicado em: Notícias | 0

Os vencedores dos “Óscares da restauração” já foram revelados, com muitas novidades face ao ano passado

Premios flavors Senses 450

A 4ª edição dos Prémios Flavors & Senses decorreu numa cerimónia que reuniu figuras ligadas à gastronomia da cidade do Porto e do Norte de Portugal.

O blogue Flavors & Senses, especializado em gastronomia e viagens, elegeu os “Melhores para 2016”, num evento que decorreu nas Caves da Real Companhia Velha, em Vila Nova de Gaia. No total foram 13 categorias com 65 nomeados, cuja votação foi feita por mais de 100 convidados, entre os nomeados, chefes, empresários, pessoas ligadas ao sector da gastronomia e turismo, críticos, jornalistas e gastrónomos.

O restaurante gastronómico do The Yeatman (*Michelin), comandado pelo chefe Ricardo Costa, levou para casa dois títulos, incluindo o principal da noite –  “Restaurante do Ano” e o de melhor “Serviço de Vinhos”.

O Chefe Pedro Lemos, a única Estrela Michelin da cidade do Porto, foi eleito pelo segundo ano consecutivo como “Chefe do Ano”.

Ruy Leão e o seu Shiko – Tasca Japonesa foram um dos principais galardoados da noite, conquistando dois dos prémios mais cobiçados da noite, “Restaurante Revelação” e “Chefe a Seguir”.

Como “Restaurante de Autor” , e numa altura em que o Porto começa a reforçar a sua oferta neste segmento, foi eleito o Restaurante Palco do Hotel Teatro, comandado pelo jovem Arnaldo Azevedo que em 2014 já havia ganho o prémio de “Chefe a seguir”.

Ainda no campo dos restaurantes, registo para a vitória de um clássico da cidade do Porto, o Cafeína, que arrecadou o prémio de “Restaurante Trendy”, numa altura em que celebra 20 anos. Ainda do mesmo empresário, Vasco Mourão, a Casa Vasco foi eleita melhor “Restaurante de Petiscos”.

A gastronomia típica também foi homenageada com a Adega S. Nicolau, conhecida pela sua localização na Ribeira do Porto e pela mestria com que dominam o receituário Portuense, sendo assim distinguida com o título de “Restaurante Tradicional”.

A Sérgio Cambas coube a homenagem de “Empresário do Ano”, muito por culpa do sucesso dos seus restaurantes, Brasão Cervejaria e O Paparico. Sobre este último recaiu ainda a escolha para vencedor numa nova categoria lançada em 2016, o melhor “Serviço de Sala” da cidade.

Outra das novidades da edição “Os Melhores para 2016” é a categoria “Restaurante Especializado”, cuja vitória coube ao japonês Ichiban.

Como “Restaurante Fora de Portas” foi eleito este ano o restaurante Ferrugem em Famalicão.

Nascido em 2011, o blogue Flavors & Senses tem como objetivo mostrar o que de melhor se faz no mundo da gastronomia e das viagens, com um particular foco no luxo.

Goste / Partilhe este artigo: