3 mil garrafas do Douro em alto mar

publicado em: Notícias | 0

No dia 7 de junho, 3 mil garrafas de um DOC Douro vão partir num navio bacalhoeiro, rumo ao Canadá, regressando em setembro com melhorias significativas na sua qualidade, fruto dos vários meses de navegação

Embarque das 3 mil garrafas no navio 450

Vai assim surgir o Poseidon, uma experiência única e exclusiva do produtor Lua Cheia em Vinhas Velhas.

Em tempos, o Vinho da Madeira era embarcado em barricas a bordo de veleiros, para que estagiasse em alto mar e melhorasse a sua qualidade. Inspirado nesta tradição, o produtor Lua Cheia em Vinhas Velhas resolveu aproveitar a boleia de um navio de pesca longínqua, o qual vai navegar até aos Grandes Bancos da Terra Nova.

“O vinho vai estagiar cerca de 4 meses em alto mar, a bordo do navio Coimbra. O desafio surgiu do Clube de Oficiais da Marinha Mercante, o qual aceitamos de imediato. Acredita-se que o ‘vinho da volta’, tal como era chamado, ganha características únicas, graças a um envelhecimento precoce, o qual é provocado pelo balanço e pela travessia oceânica”, explica Manuel Dias, proprietário da Lua Cheia em Vinhas Velhas.

Foram carregadas 3 mil garrafas de um vinho DOC Douro, mais concretamente uma Reserva Especial de 2014. A partida do navio acontece no dia 7 de junho, no porto de Aveiro. O mesmo deverá chegar a St. John’s, no Canadá, no final de julho. É neste importante porto piscatório, St. John’s, conhecido como São João da Terra Nova pelos pescadores portugueses, que o vinho vai ser certificado, oficializando a viagem marítima do vinho.

Ao regressar a Portugal, em setembro, as 3 mil garrafas serão rotuladas e vendidas no mercado sob o nome de Poseidon – o deus supremo do mar, segundo a mitologia grega.

Esta iniciativa é promovida pelo Clube de Oficiais da Marinha Mercante, juntamente com a empresa SAVEN – Sociedade Abastecedora de Navios Aveirense e a Empresa de Pesca de São Jacinto. O vinho será engarrafado exclusivamente pela Lua Cheia em Vinhas Velhas.

Goste / Partilhe este artigo: