Valle Flor–Laboratório Harmonização a copo

publicado em: Gastronomia, Laboratórios | 0

Os presidentes do IVV, CIP, ViniPortugal e APCOR, respetivamente Frederico Falcão, António Saraiva, Jorge Monteiro, João Rui Ferreira e Mário Rodrigues do Alivetaste.com integraram mais um painel de avaliação dos “Laboratórios Harmonização A Copo”, que têm como objetivo a elevação do serviço de vinhos, o vinho a copo, as castas nacionais, harmonizações, cozinha e serviços praticados

Espaço emblemático da cidade de Lisboa e da hotelaria nacional e internacional, o Pestana Palace Lisboa Hotel integra o grupo dos melhores hotéis mundiais. O restaurante Valle Flor e uma nova Wine Boutique, refletem a aposta recente nos vinhos nacionais e complementaridade de serviços, associados a uma desenvolvida carta de vinhos e serviço de vinho a copo.

O chef Pedro Inglês Marques é no mar que se sente como peixe na água, apostando naturalmente na riqueza nos produtos da nossa costa. Deu início a esta degustação do laboratório com as entradas de salmão do palácio, fumado com geleia de borragem, vermicelli de pepino, cenoura e rábano, croutons de beterraba  harmonizado com espumante Murganheira Rosé 2010 composto pelas castas tinta roriz, touriga nacional e touriga franca, a que se seguiu foie gras de pato envolto por capa e geleia de cereja, sorbet de maçã verde e espuma da mesma  harmonizado com uma colheita tardia Casa Ferreirinha 2011 das castas viosinho e arinto.

Para peixes tivemos sargo assado sobre xarém de bivalves e percebes, salicórnia, pó de algas e molho de ouriço harmonizado com um vinho verde Soalheiro Alvarinho 1ªs Vinhas de 2014 e um cherne grelhado, esmagado de batata e açafrão, legumes baby e molho de hortelã da ribeira  harmonizado com a casta arinto do Morgado de Sta. Catherina 2013.

As carnes foram compostas por perna de coelho recheada com nêsperas e assada, balottine da sela,  carré panado com ervas, acelgas, puré de cenoura harmonizado com tinto Casa de Santar Reserva 2010 composto pelas castas touriga nacional, alfroucheiro e tinta roriz e  uma Vitela maronesa três preparações…estufada em cerveja preta e lâminas de trufa negra du Périgord,  grelhada sobre legumes verdes, no sauté com escalope de foie gras  foi harmonizado com Aurius Touriga Nacional – Syrah 2010 das castas touriga nacional e syrah.

Com criações do pasteleiro Francisco Pavia, foram apresentadas sobremesas bastante apreciadas e criativas. A horta iogurte em 3 texturas, gel de framboesa, aloe vera aos pedaços e sorbet de bergamota e lucia lima, foi harmonizado com Moscatel de Setubal Moscatel Roxo D.S.F. Colheita Privada e  um doce “Vaso” mousse de Ivoire e rosmaninho, texturas de pistáchio, “terra” de cacau de S.Tomé, sorbet de pêssego  harmonizado com Porto Graham´s 20 Anos.

Este laboratório teve início com um porto de honra da Messias na recente Wine Boutique, onde o destaque vai em absoluto para os  vinhos portugueses proveniente das diversas regiões e castas nacionais e onde a cortiça nacional e as rolhas têm um destaque de relevo.

Um dos Leading Hotels of the World mais reconhecidos pelo serviço extraordinário e a cenografia única no mundo. Este hotel de luxo fica instalado no Palácio do Marquês de Valle Flor – construído no final do século XIX onde o restaurante Valle Flor funciona em espaço vitoriano.

Os “Laboratórios Harmonização A Copo” têm o apoio da ViniPortugal e da Apcor-Associação Portuguesa da Cortiça.

Brevemente estará disponível vídeo

por Mário Rodrigues

Goste / Partilhe este artigo: