Quinta da Lixa aumenta exportação

publicado em: Notícias | 0

A Quinta da Lixa exportou mais de meio milhão de garrafas de vinho para Estados Unidos e Alemanha em 2015, mercados onde, recentemente, viu distinguidos 3 dos seus vinhos

vinhao 2014

A produtora de vinhos verdes tem uma relação de 10 anos com o mercado dos Estados Unidos, atualmente o mais preponderante no que toca à exportação.

Com 10 distribuidores no país, a Quinta da Lixa exportou 350 mil garrafas em 2015, um volume de negócios na ordem dos 620 mil euros, que esperam fazer crescer em 15% ainda durante este ano.

Já a Alemanha, segundo mercado-alvo de distribuição, com mais de 300 mil garrafas exportadas e perspetivas de crescimento também a rondar os 15%, representou uma faturação de 550 mil euros no ano transato.

Recentemente, a Quinta da Lixa viu o vinho ‘Seixoso 2015’, produzido para venda em exclusivo nos mercados externos, distinguido com a medalha de ouro no Mundus Vini International Wine Award, na Alemanha, além das pratas conquistadas pelo ‘Aromas das Castas’ e ‘Escudo Real’.

Numa prova promovida pela ViniPortugal, o ‘Aromas das Castas’ foi ainda premiado como um dos 50 melhores vinhos portugueses distribuídos na América do Norte, por um painel de especialistas do mercado americano.

Também o ‘Quinta da Lixa – Vinhão’ foi recentemente distinguido, com 91 pontos em 100 possíveis, pela alta crítica americana, numa das mais influentes publicações do setor a nível mundial, a ‘Wine&Spirits’, algo nunca que nunca acontecera com um vinho verde tinto.

“Estamos muito felizes por este reconhecimento nestes mercados tão estratégicos para os nossos vinhos, para onde exportamos mais de meio milhão de garrafas em 2015 e contamos superar esta marca já em 2016”, afirma Óscar Meireles, administrador da Quinta da Lixa.

Em 2016, o investimento nos mercados da Alemanha e dos Estados Unidos deverá rondar os 55 mil euros em ações no ponto de venda, inscrições em concursos, visitas ao mercado com equipas de vendas dos importadores e degustações em loja, além da presença em provas e feiras promovidas pela Comissão Vitivinicola da Região dos Vinhos Verdes.

Goste / Partilhe este artigo: