White Port 10 anos

publicado em: Notícias | 0

Fresco, equilibrado e especiado, o Quinta do Portal White Port 10 anos é a mais recente novidade deste produtor duriense, que os seus responsáveis acreditam ser um contributo importante para a renovação do perfil dos vinhos do Porto

10 anos white g

Há já algum tempo que a equipa de enologia da Quinta do Portal, liderada por Paulo Coutinho, tem vindo a introduzir novas referências no seu portefólio de vinhos, oferecendo ao mercado produtos diferenciados com o intuito de conquistar novos consumidores.

Este Quinta do Portal White Port 10 anos enquadra-se dentro dessa filosofia, pretendendo ganhar espaço entre os novos consumidores, por norma mais predispostos a aderir a produtos novos, mas mantendo aquilo que é a traça e o carácter do vinho que mais celebriza o Douro internacionalmente: o vinho do Porto. Este é, no entanto, um Porto especial, que, nas notas do enólogo Paulo Coutinho, “impressiona pela harmonia entre a complexidade de um vinho velho, com especiarias e frutos secos, e a sua frescura, marcada por fruto amarelo e notas florais”. Apresenta-se de cor dourada brilhante e revela “uma bela acidez em boca, a equilibrar o carácter final mais melado e especiado, terminando longo e fresco, a convidar a um próximo trago”.

Este vinho, fresco e jovial, provém de várias castas tradicionais da Região Demarcada do Douro, tais como a Malvasia Fina, a Gouveio ou a Rabigato e a vindima foi feita com corte manual, tendo envelhecido em cascos de madeira velha até ao engarrafamento. Com um teor de álcool de 20% deve ser servido ligeiramente fresco com os tradicionais doces de ovos ou queijos, mas é também uma excelente bebida para servir em convívios sociais, por exemplo como vinho de companhia após o jantar. Foram colocadas no mercado 12 mil meias garrafas, o que permite um consumo na totalidade, em qualquer convívio familiar ou de amigos. O preço recomendado de venda ao público é de 13,50 euros.

Goste / Partilhe este artigo: