Picadeiro

publicado em: Lugares, Opinião | 0

Com sala virada para o picadeiro, aqui é possível fazer uma refeição harmonizada com bons vinhos e apreciar a arte equestre com os cavalos e a suas elegantes posturas.

Penso que um dos raros espaços onde se associa a enogastronomia aos cavalos, localizado em pleno campo, onde depois de uma refeição de cozinha tradicional é possível visitar os estábulos com dezenas de cavalos ou observá-los em treinos ou simplesmente  a circularem em pleno campo.

Aqui o jovem chef Rui Sousa, dono de uma enorme vontade de evolução, cria os seus pratos com base na cozinha tradicional portuguesa. Com nova carta a entrar conciliando com a existente, aqui pude provar folhadinho de alheira com molho de mostarda e mel, gambas ao alho ou chamuça de polvo para entradas. Nos peixes bacalhau com broa, grelos frescos salteados e batata a murro, arroz de tamboril com ameijoa e camarão ou perna de polvo à lagareiro com grelos frescos salteados e batata a murro. Para carne uma posta de vitela minhota certificada, com grelos frescos e batata a murro, miminhos de vitela com milho e legumes salteados e o tradicional arroz de sarrabulho à moda de Ponte de Lima. A sobremesa leite creme queimado, tarte de amêndoa e strudel de maçã.

Têm uma garrafeira não demasiado grande mas com interessantes vinhos onde a aposta no vinho a copo vai ser uma realidade. A tradição vai além da cozinha e aposta-se numa das montras de que Portugal se pode orgulhar como maior produtor mundial, a cortiça, sendo as cartas feitas desta nobre e sustentável matéria prima, aqui estudadas de uma forma equilibrada e de fácil manuseamento.

Com nova equipa e gerência desde setembro de 2016, um espaço com enorme potencial, na bonita vila de Ponte de Lima.

Restaurante Picadeiro
Centro Equestre do Vale do Lima
Rua do Senhor de Pias, 1336
Sernados, Feitosa
Ponte de Lima
Tel. 258 943 834/ 966 291 791
geral@restaurantebarpicadeiro.pt
comunicacao@restaurantebarpicadeiro.pt

por Mário Rodrigues

Goste / Partilhe este artigo: