Novas aguardentes Adega Velha

Adega Velha apresenta nova gama com lançamento de três aguardentes únicas: 6 Anos Reserva, 12 Anos XO e 30 Anos.

Nova Gama Adega Velha

No final do século XVIII, um antepassado da família Guedes, com cargo diplomático na Rússia Imperial, apaixonou-se por uma elegante garrafa, que o marcara pelo seu carácter invulgar, e que viria a trazer consigo de São Petersburgo. Um século depois, esta garrafa seria oferecida a Manoel Pedro Guedes, fundador da Aveleda, como forma de celebrar as primeiras produções de vinho na propriedade, corria o ano de 1870.

Ao receber esta garrafa, Manoel Pedro Guedes prometeu que a conservaria até à criação de um produto único que perpetuasse este legado familiar. Durante as décadas seguintes, esta garrafa testemunhou o trabalho desenvolvido pela família nas vinhas e adegas da Aveleda, em busca do néctar perfeito.

Na penumbra da velha adega, o neto de Manoel Pedro Guedes, realizou as primeiras experiências com destilações de Vinho Verde, após uma viagem realizada à região de Cognac em França, onde viria a adquirir um alambique charentais em cobre.

As barricas, resultantes destes ensaios, permaneceram ao cuidado do tempo até António Guedes, seu filho, as apresentar a Amândio Galhano que, entusiasmado com esta descoberta, decide enviar amostras para Cognac.

A surpreendente reação gerada motivou António Guedes a prosseguir com o projeto de desenvolver uma aguardente única, o néctar perfeito para a garrafa guardada desde o tempo do seu bisavô. Nascia assim uma das primeiras aguardentes de Vinho Verde, à qual foi dada o nome de Adega Velha, em homenagem ao lugar onde tudo aconteceu.

À sombra das paredes de granito e na penumbra e silêncio dos anos, a velha adega continua a testemunhar a história da Aguardente Adega Velha.

Sob os cuidados das sucessivas gerações de adegueiros, os preciosos néctares reservados em cascos de carvalho da região de Limousin, inspiraram o enólogo da Aveleda na criação de novas aguardentes cuja singularidade está expressa em cada garrafa numerada.

As uvas aromáticas cuidadosamente selecionadas nas vinhas da Aveleda, na Região dos Vinhos Verdes, estão na origem destas aguardentes que, e após uma dupla destilação em alambique Charentais da Região de Cognac, em França, desenham o seu perfil durante anos em cascos de carvalho francês. Este processo, lento e cuidado, confere às aguardentes a excelência da sua qualidade.

A aguardente velha com 6 anos tem o p.v.p de 25 €, a de 12 anos 40 € e a de 30 anos de 100 €.

Goste / Partilhe este artigo: