Provas como eu gosto

publicado em: Opinião, Opiniões | 0

Tim Hogg da Universidade Católica do Porto, integrou o painel do laboratório realizado no restaurante Gaveto, dá-nos aqui a sua opinião sobre esta iniciativa e a sua experiência.

Tim Hogg 350

O laboratório de harmonizações de Alivetaste e ViniPortugal – são o tipo de prova de que gosto!  Em termos técnicos estas provas foram feitos “no contexto do consumo” – ou seja num restaurante, em vez de uma sala de provas sem distrações nem ambiente propícia de prazer.  Fomos 4 provadores com perspetivas e percursos diferentes mas todos concentrados em ler e interpretar o que o restaurante quer dizer com estas propostas – e que propostas!

Gosto da gastronomia de autor, mas, como dizem na minha terra natal, if it is not broken, don’t fix it (se não estiver partido não vale a pena repará-lo).  Gastronomia tradicional portuguesa com base em ingredientes de grande qualidade e este almoço de degustação foi uma prova disso mesmo.

Portugal é um país dos tintos!  Verdade,  mas bastante incompleta.  Vinhos brancos do norte do país com variedade, intensidade, personalidade e histórias a contar, apresentados com pratos clássicos de marisco e peixe – what is there not to like!   E acabar com duas peças de doçaria, igualmente clássicas, emparelhadas com um Porto e um Vinho de Madeira – it would be rude not to!

Com isso não posso dizer que as propostas eram seguras e óbvias, nada disso, algumas escolhas dos vinhos eram particularmente arrojadas e obrigaram os provadores a refletir melhor.

Ao levar amigos visitantes aos restaurantes de nova vaga aqui em Portugal, eles muitas vezes ficam algo desapontados, não por não terem qualidade, mas por serem algo semelhantes aos que eles encontram em Londres, Budapeste, Bruxelas etc.   Espaços como este – O Gaveto, em Matosinhos – só podem existir em Portugal e as experiências que eles podem proporcionar são únicas e muito valorizadas por quem procurar a genuinidade e o sentido do sítio.

Aos meus colegas provadores, Celeste Pereira da GreenGrape, Jorge Monteiro da ViniPortugal e Mário Rodrigues da própria Alivetaste, obrigado pela oportunidade de partilhar esta prova em tão boa companhia.

Tim Hogg
Universidade Católica do Porto

Goste / Partilhe este artigo: