Natal e vinho português no Quarenta e 4

publicado em: Notícias | 0

Natal e vinho português destacados no laboratório “harmonização a copo” no Quarenta e 4, uma iniciativa desenvolvida pela ViniPortugal e AliveTaste que visa incentivar a melhoria do serviço de vinho na restauração e a boa articulação entre menus e cartas de vinho.

vinho a copo 4
Foto de Pedro do Canto Brum

Com o tema do Natal como fundo, o restaurante quarenta e 4 prepara almoço vínico no próximo dia 26 de novembro, sugerindo harmonizações com vinhos nacionais. A iniciativa é organizada pelo AliveTaste, com o apoio da ViniPortugal.

Em linha com as anteriores harmonizações a copo, este laboratório terá uma incidência sobre o natal e os pratos tradicionais. Quarenta e 4 foi selecionado para receber este almoço vínico por integrar habitualmente na sua carta este tipo de opções. O laboratório especial de Natal finaliza o ano de sugestões de harmonizações a copo em vários restaurantes, repleto de enorme sucesso quer ao nível da sensibilização dos restaurantes para a valorização do vinho nacional e da mais-valia da harmonização a copo, quer nos convidados que integraram os diversos painéis.

A iniciativa tem vindo ainda a ser crucial ao nível da auscultação do mercado, possibilitando a análise das fragilidades e os pontos fortes existentes. Uma iniciativa que comprovou ter um forte papel pedagógico no que concerne ao serviço de vinhos e ao fundamental vinho a copo, importância da correta construção da carta de vinhos, a sistematização das harmonizações, a boa cozinha e a melhoria dos serviços em termos gerais. Em 2016 serão promovidos novas harmonizações, extensíveis a Lisboa, com objetivo de elevar o nível de serviços em Portugal nesta área considerada fundamental num país de serviços e de turismo.

No Quarenta e 4 as harmonizações propostas destacam a cozinha tradicional, com um forte cunho de cozinha de autor, e que estará disponível no restaurante quarenta e 4 durante toda esta época, estendendo-se ao início do próximo ano e será composta por:
Polvo à Bordalesa
BAIRRADA – LUIS PATO “FERNÃO PIRES” 2011
Bacalhau com todos
DÃO – RIBEIRO SANTO “ENCRUZADO” 2014
Capão
DOURO – CARVALHAS 2010
Cabrito
COVELA “COLHEITA SELECCIONADA” 2004
Rabanada
PORTO – BURMESTER 20 ANOS
Pudim Abade de Priscos
MOSCATEL DOURO – NIEEPORT 2000

Oito restaurantes já receberam esta iniciativa que tem como objetivo divulgar bons exemplos de harmonização da gastronomia nacional e das criações de chefs que evidenciem a qualidade dos vinhos portugueses. A par, estes almoços vínicos visam ainda incentivar a promoção de um melhor serviço de vinho na restauração e a boa articulação entre menus e cartas de vinho.

Goste / Partilhe este artigo: