Vinhos, domínio do sexo feminino

publicado em: Notícias | 0

IPAM traça perfil-tipo da consumidora urbana de vinho, em que 40 por cento das compras de vinhos já são realizadas por mulheres, estando o mercado a ser dominado de forma crescente pelo sexo feminino

A conhecida enóloga Filipa Pato
A conhecida enóloga Filipa Pato

Esta é uma das conclusões do estudo “O comportamento de consumo das mulheres no mercado dos vinhos”, realizado por Pedro Guerreiro, responsável pelo curso “Food & Beverage” do IPAM – The Marketing School. O sexo feminino – principal responsável pela compra de produtos alimentares para casa – consome menos assiduamente do que os homens, mas está a assumir um papel cada vez mais relevante no mercado dos vinhos. O estudo mostra que os vinhos brancos com um perfil leve e frutado e os tintos leves são os favoritos das mulheres que consomem esta bebida com uma frequência semanal. A investigação – que avaliou a relação, nos grandes centros urbanos de Lisboa e Porto, do sexo feminino com o vinho – traça também o perfil da mulher urbana consumidora de vinho, numa pesquisa com base num inquérito presencial aplicado a 200 mulheres. O estudo revela que a vontade de perceber mais sobre vinho e a possibilidade de o consumir socialmente são fatores apontados como potenciadores do aumento das vendas junto deste target. Relativamente à frequência de compra, mais de metade (56 por cento) adquire vinho pelo menos uma vez por mês, sendo que a distribuição moderna assume-se como o local preferencial das mulheres para a aquisição de vinhos, em 80 por cento dos casos.
Esta tendência também se sente de forma notória na enologia, onde um cada vez maior numero de mulheres opta por esta profissão, liderando já os destinos de muitos produtores.

por Mário Rodrigues

Goste / Partilhe este artigo: