Quinta do Gradil XO (Extra-Old)

A aguardente Quinta do Gradil XO (Extra-Old) produzida nesta Quinta, é considerada uma das mais antigas herdades do Concelho do Cadaval, tendo sido em tempos pertença do Marquês do Pombal.

aguardente quinta do gradil 350

Assim como a antiguidade da tradição vitivinícola da Quinta do Gradil se prolonga há séculos, também a história desta aguardente remonta a 1970, com a destilação de várias castas autóctones da Região de Lisboa em Alambiques “Charentais”, considerados os mais graciosos de todos os alambiques. Originários da região de Cognac, França, este tipo de alambiques é caracterizado pelo seu processo lento de destilação, típico de nobres destilados de elevadíssima qualidade.

Após a destilação cuidada, a aguardente estagiou, “esquecida” e tranquila, durante mais de 40 anos em tonéis de carvalho português e francês. O prolongado estágio em tonéis conferiu-lhe uma cor âmbar dourada e um travo com notas de frutos secos e especiarias, harmonizadas com a perfeição que só o tempo consegue, e aliadas a uma textura aveludada. Uma aguardente vínica elegante e complexa, uma autêntica raridade.

Com uma embalagem elegante e requintada, graças à distinção dos materiais e cores utilizadas, à delicadeza das formas e ao rigoroso cuidado nos acabamentos em madeira integralmente feitos à mão, esta raridade é uma tentação para os genuínos e autênticos apreciadores.

Esta aguardente, com a assinatura dos enólogos da Quinta do Gradil, António Ventura e Vera Moreira, é sem dúvida um excelente digestivo para rematar com distinção uma refeição especial, e a companhia perfeita para um belíssimo charuto.Tem um teor alcoólico de 38% volume.

por Mário Rodrigues

Goste / Partilhe este artigo: